sábado, 8 de dezembro de 2012

Espinhos do Amor - Capítulo 15


A Chuva e as Lágrimas que Caem do Céu


          *tapa*

          – Idiota!!! Como sempre você teve que estragar tudo!!! – disse isso enquanto limpava as lágrimas que começavam a cair.
          – Mily, me desculpa.
          – Felipe, eu acho que nós não podemos mais ser amigos.
          – Mily! Espera... – e antes que ele pudesse dizer qualquer coisa eu já tinha saído correndo.

          Antes que eu pudesse chegar na esquina começou a chover e a chuva foi ficando cada vez mais forte.

          – Droga! Porque teve que começar a chover justo agora? Eu preciso chegar em casa o mais rápido possível.

          Chegando em casa eu fui direto pro chuveiro, eu precisava tomar um banho, afinal, eu estava numa situação deplorável: molhada, olhos inchados, o cabelo todo bagunçado, o rosto todo sujo pela maquiagem borrada, vestido e sapatos totalmente destruídos           pela chuva e pela lama, etc. O meu pai e a Michelle se assustaram quando me viram desse jeito e até perguntaram o que havia acontecido, mas eu nem ao menos respondi.
          Depois do banho eu tentei dormir um pouco, mas parecia impossível, essa noite foi longa demais não saia da minha cabeça.

          “Felipe, seu idiota, porque você teve que fazer isso? Porque você teve que estragar a nossa amizade? Apesar de tudo aquele beijo não sai da minha cabeça, tudo bem que eu fiquei surpresa, afinal ele foi a segunda pessoa que me beijou... Mas eu senti uma coisa estranha, aliás, eu ainda sinto, o meu coração está batendo super rápido, o meu corpo todo parece estar em chamas, o meu peito e meu estômago estão doendo muito, isso é muito estranho, eu nunca senti algo parecido...”

          Por fim, eu não consegui pregar o olho a noite toda, meu celular tem mais de 500 chamadas perdidas da Auria e SMS. “Será que ela ficou sabendo do que aconteceu?” De qualquer maneira eu não quero falar com ela agora.

          *Algumas horas mais tarde*

          – Mily! Por favor abre essa porta, eu preciso falar com você. – era a Auria.
          – Tudo bem. Você está sozinha?
          – É claro que estou, agora abre logo.
          – O que você quer Auria?
          – Bom, eu fiquei sabendo do que aconteceu.
          – Ótimo! Vai querer me dar uma bronca agora?
          – É claro que não, eu entendo o que você fez.
          – Sério?
          – Não! E eu vim aqui para te dar bronca sim. Não foi certo o quer você fez.
          – E o que você queria que eu fizesse senhorita certinha?
          – Olha Mily, tudo bem que nós somos melhores amigas, mas eu não vou ficar te dizendo o que é certo ou errado, muito menos vou decidir por você o que é certo a fazer. Eu só te digo uma coisa, pense primeiro em tudo o que aconteceu e no que você sente em relação a isso, deixe tudo isso claro em sua mente e eu tenho certeza que a resposta irá aparecer. Não se deixe levar por um falso amor e arrisque-se. Bom, eu já vou indo. Mas promete que vai pensar, ok?
          – Tudo bem. – e com isso eu fiquei pensando em tudo, em tudo o que me incomodava.

6 comentários:

  1. OMG...que emoção.
    Isso mesmo,Auria tem razão u.ú
    Amei Mily-chan...posta a continuação logo ok? Estou esperando ^^
    Beijos ^.~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Auria tem sempre razão
      apesar de que nessa situação ela é totalmente o contrario na vida real, rs
      a continuação sai ainda nessa semana, eu prometo o/

      Excluir
  2. Ah, sua baka u.u Eu sempre tenho razão sim u.u
    RHUM!
    AHHAHAHAHA
    Adoreeei!
    Sô sô! Tadinho do Felipe, dê uma chance a ele u.u

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA
      ELE MERECE O PIOR U.U
      XENTIN
      VOU DEMORAR PRA POSTAR, ESSA PORCARIA DE PC QUEIMOU -.-

      Excluir
  3. Nyaah!
    Amei, Mily!
    Desculpe a demora pra ler. x.x
    Quero a continuação, viu?
    Beiijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HISA-CHAN *-*
      QUE BOM QUE GOSTOU, FICO MUITO FELIZ >.<
      A CONTINUAÇÃO VAI DEMORAR...

      Excluir