quinta-feira, 19 de julho de 2012

Shinigami School - Capitulo 3




– Bom, as lutas que serão avalidas para a média final de vocês, seram em duplas. - Disse Ryru sentada na mesa. - Essa dupla será o seu inimigo, o qual, você deve derrotar. Eu irei escolher a dupla de acordo com seu nivel e suas ultimas notas.

– Ryru sensei, não entendi. - Disse um aluno.

– Ok, irei repetir e de uma maneira mais simplificada. Não vou colocar nenhum sádico contra um fraco, vou colocar um sádico com um sádico, um fraco com um fraco e-

– Um fraco com um fraco? Isso não faz sentindo. - Se manifestou Ryuu, se jogando na cadeira e colocando as mãos na cabeça.

– Claro que faz, derrotando um fraco, o outro fraco irá se sentir "alto", assim tendo motivação para lutar e claro, aumentar a sua nota.

– Tsc, isso é baka demais. - Disse Ryuu olhando para o nada.

– Se desse, eu cortava sua língua Ryuu-kun. - Disse Ryru sorrindo gentilmente.

Ryru continuou sua explicação sobre as lutas e falou mais coisas sobre como seria o ano letivo. Kenji apenas olhava pela janela, onde sua classe ficava, observando o vento balançar os finos galhos das enormes árvores que deixava algumas folhas cairem no chão. Como de costume, nada passava pela sua cabeça, a não ser a voz irritante de Ryuu e a luta que teria com ele. No fundo, Kenji torcia para que Ryuu fosse sua dupla nas lutas das médias finais, mas talvez isso causaria um caos na escola, já que ambos eram considerados shinigames nivel 18, apesar de terem apenas 15 anos.

– Kenji-kun. - Kenji ouviu alguém sussurar seu nome. Olhou para trás e se deparou com Natsumi.

– O que foi? - Disse ele voltando a olhar para frente.

– Nem nos falamos hoje, você está bem? - Perguntou Natsumi preocupada.

– Estou ótimo.

– Hum...

– O que você quer Natsumi? - Perguntou Kenji virando-se e encarando Natsumi que corou.

– Nada seu baka, só estou te fazendo uma pergunta, é muito?

– Tsc, sempre estranha. - Kenji voltou para frente e uma Natsumi de punhos fechados ficava vermelha de raiva.

– Odeio quando você me ignora. - Disse Natsumi controlando sua raiva.

– Odeio quando você enche meu saco. - Disse Kenji com desdem.


Após a explicação de Ryru, todos os alunos foram a uma sala enorme, cheia de materiais, como espadas, machados, martelos, foices e outros. Todos os alunos, da classe A23, na qual Kenji pertencia, estavam em três fileiras. Ryru andava de um lado para o outro explicando como seria o sorteio e como seriam as lutas, mas antes de tudo, ela ia fazer um teste, para ver como estavam os reflexos dos alunos, que foram trabalhados no ano anterior.

– Hayuga One. - Chamou Ryru. Hayuga se aproximou de Ryru e ficou parada na frente da mesma.

Ryru sorriu maliciosamente e começando a dar voltas em Hayuga, que estava timida por ser a primeira a ser chamada. Ryru parou em frente as caixas enormes onde estavam as armas e escolheu um machado. Em questão de segundos, Ryru foi para cima de Hayuga, que se desviou ficando a pela menos dois metros de distancia de Hayuga.

– Bom, muito bom. - Disse Ryru sorrindo. Antes que Hayuga pudesse voltar a sua posição normal, Ryru tocou o machado em direção a cabeça de Hayuga, que novamente desviou, fazendo o machado ficar preso no que parecia ser uma parede de concreto.

– Muito bom Hayuga-chan. - Disse Ryru ainda sorrindo.

– Arigato sensei.

– Pode voltar para seu lugar.
Hayuga apenas assentiu com a cabeça e voltou para seu lugar que era atrás de Ryuu, o mesmo fez um barulho com a boca e seu ego pareceu aumentar.

– Sora Abe, sua vez. - Chamou Ryru.

– Sim. - Disse Sora saindo de seu lugar e ficando no mesmo que Hayuga havia ficado.

Ryru trocou de arma, pegou um martelo, com pequenos dentes na superfice do mesmo. Sora sorriu fraco e então sentiu um vento no seu lado esquerdo. Ryru atacou seu ponto fraco, mas pela visão periferica
Sora conseguiu desviar e uma rachadura enorme se formou no chão após a batida de Ryru com o martelo.Sora ficou a quatro metros de distância de Ryru que sorriu gentilmente, mas em seguida atacando Sora pela segunda vez, a mesma conseguiu desviar o ataque mais uma vez, mas na terceira tentativa de Ryru, segurou o martelo impedindo a ação da sensei.

– Ótimo Sora-chan, muito bom mesmo. - Disse Ryru largando o martelo no chão.

– Arigato sensei. - Disse Sora abrindo um sorriso.

– Pode voltar. - Ordenou Ryru e assim feito.

Mais três alunos foram chamados e os mesmos desviaram todos os ataques de Ryru que ficou impressionada com a habilidade de todos. Buracos e rachaduras estavam sendo feitos no local onde se encontravam, todos feitos pelos infelizes ataques de Ryru.

– Kenji Matsuda! - Chamou Ryru, segurando uma espada de samurai. - Vamos ver o que você tem a mostrar.

Kenji deu um passo a frente, já que era o primeiro da terceira fileira. Kenji sorriu de canto e ficou encarando os olhos de Ryru que brilhavam, a mesma sorriu da mesma maneira que Kenji e em seguida o atacou. Kenji desviou dando uma leve inclinada no corpo para trás, depois desviou do segundo ataque, dando um salto, já o terceiro segurou o braço de Ryru e chutou sua barriga fazendo-a ser jogada contra a parede de concreto e uma teia de rachadura aparecer.

A mesma colocou a mão na barriga e ficou um tempo assim. Tomando folêgo, sem deixar a espada cair no chão.

– Adorável Kenji-kun. - Disse ela sorrindo.

– Hum, arigato sensei. - Disse ele colocando as mãos no bolso da calça do uniforme.

Ryru sorriu de uma maneira difrente e então o atacou pela quarta vez, Kenji conseguiu desviar, aparecendo atrás de Ryru, segurando seu pulso com força, fazendo-a largar a espada.

– O que achou sensei? - Perguntou Kenji sorrindo.

– Muito bom. - Disse Ryru. - Agora me solte.

Kenji soltou Ryru e segurou a espada que estava no chão, a mesma era leve, porém, sua lamina podia cortar seu pescoço tranquilamente. Ryru tomou a espada das mãos de Kenji e pediu que voltasse para seu lugar. Ryru chamou os demais alunos e assim seguiu o teste. Ryru testou Ryuu que obteve o mesmo sucesso que Kenji, Sora e Hayuga, alguns alunos acabaram sendo atacados, fazendo algumas gotas de sangue manchar seus uniformes e o chão.

Depois de todos serem testados, Ryru fez o sorteio das duplas que lutariam para a média final. As duplas sorteadas foram: Sora Abe e Ino Kikushi, Hayuga One e Ichiro Asuma, Izumi Ogawa e Ryuu Kojima, Kenji Matsuda e Shoji Yoto e outros 13 duplas.
Após dizer todas as duplas, Ryru ouvia reclamações, mas ignorou todas mandando todos calarem a boca, o que estava feito, ia ser feito.

– Terminamos nossa aula por aqui, podem ir para o intervalo.- Disse Ryru.

– Mas sensei... - Disse Izumi levantando a mão.

– Sim.

– Não ia nos dar aula?

Ryru soltou uma baixa risada.

– Vocês me cansaram demais no teste, vou deixar para a próxima aula. - Disse ela sorrindo. - Estão dispensados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário